Phenom II X6 1090T

AMD-Phenom-X6-II

De seis núcleos para micros de mesa e é o o processador mais rápido do AMD.

Como você já deve saber, a Intel já lançou o seu primeiro processador de seis núcleos para micros de mesa, o Core i7-980X, um processador soquete 1366 que trabalha internamente a 3,33 GHz e que ainda é um sonho distante para o usuário comum por causa do seu preço (US$ 999 em lotes de mil unidades, nos EUA). Esses dois novos lançamentos da AMD são bem mais acessíveis: o Phenom II X6 1055T é cotado a US$ 199 (nos EUA) e o Phenom II X6 1090T é cotado a US$ 295 (nos EUA).

Os novos processadores são fabricados com tecnologia de 45 nm e são baseados no soquete AM3. Embora a maioria de placas-mães soquete AM3 “antigas” aceite os novos processadores (um upgrade de BIOS pode ser necessário), a AMD está lançando um novo chipset, o AMD 890FX (seu recurso mais importante é o suporte nativo para portas SATA-600). Nós testamos o novo processador em uma placa-mãe baseada neste novo chipset.

Uma novidade desses novos processadores é a adoção de uma tecnologia similar à Turbo Boost da Intel. Quando o processador “sente” que três ou mais núcleos estão ociosos, ele aumenta o clock dos núcleos ativos. No Phenom II X6 1055T o clock é aumentado de 2,8 GHz a 3,2 GHz, enquanto que no Phenom II X6 1090T o clock é aumentado de 3,2 GHz a 3,6 GHz.

Por outro lado, a AMD ainda não tem algo similar à tecnologia Hyper-Threading da Intel, que simula um núcleo extra em cada núcleo do processador. Desta forma o processador de seis núcleos da Intel parece ao sistema operacional e programas como sendo um processador de 12 núcleos.

Vamos agora fazer uma rápida comparação entre o Phenom II X6 1090T e os outros processadores incluídos em nosso teste.

Nas tabelas abaixo você pode ver uma comparação entre os processadores. Os processadores da AMD não suportam as instruções SSE4 (eles têm um conjunto de instruções proprietárias chamado SSE4a, que não é a mesma coisa que SSE4).

Processador Núcleos HT Clock Interno Clock Turno QPI/DMI/HT Clock Base Núcleo Tecnologia TDP Soquete Preço
Core i7-980X 6 Sim 3,33 GHz 3,60 GHz 6.4 GB/s 133 MHz Gulftown 32 nm 130 W 1366 US$ 999
Core i7-965 4 Sim 3,20 GHz 3,46 GHz 6.4 GB/s 133 MHz Bloomfield 45 nm 130 W 1366 US$ 999
Core i7-870 4 Sim 2,93 GHz 3,60 GHz 2 GB/s 133 MHz Lynnfield 45 nm 95 W 1156 US$ 562
Core i5-750 4 Não 2,66 GHz 3,20 GHz 2 GB/s 133 MHz Lynnfield 45 nm 95 W 1156 US$ 196
Phenom II X6 1090T 6 Não 3,2 GHz 3,6 GHz 8 GB/s 200 MHz Thuban 45 nm 125 W AM3 US$ 295
Phenom II X4 965 4 Não 3,4 GHz 8 GB/s 200 MHz Deneb 45 nm 140 W * AM3 US$ 185

TDP significa Thermal Design Power e indica a dissipação térmica do processador, isto é, o cooler tem de ser capaz de dissipar pelo menos essa quantidade de calor.

* Novos modelos estão vindo com um TDP de 125 W. O modelo testado é da versão antiga, com TDP de 140 W.

Os preços listados são oficiais para distribuidores em lotes de 1.000 unidades. O preço para o usuário final é maior do que os preços listados.

Processador Cache L1 Cache L2 Cache L3 Suporte à Memória Canais de Memória
Core i7-980X 32 KB + 32 KB por núcleo 256 KB por núcleo 12 MB total DDR3 até 1066 MHz Três
Core i7-965 32 KB + 32 KB por núcleo 256 KB por núcleo 8 MB total DDR3 até 1066 MHz Três
Core i7-870 32 KB + 32 KB por núcleo 256 KB por núcleo 8 MB total DDR3 até 1333 MHz Dois
Core i5-750 32 KB + 32 KB por núcleo 256 KB por núcleo 8 MB total DDR3 até 1333 MHz Dois
Phenom II X6 1090T 64 KB + 64 KB por núcleo 512 KB por núcleo 6 MB total DDR3 até 1333 MHz Dois
Phenom II X4 965 64 KB + 64 KB por núcleo 512 KB por núcleo 6 MB total DDR3 até 1333 MHz Dois

Os processadores da AMD comunicam-se com o mundo externo (ou seja, com o chipset) através de um barramento chamado HyperTransport.

Os processadores soquete 1366 comunicam-se com o mundo externo (ou seja, com o chipset) através de um barramento chamado QuickPath Interconnect (QPI), que tem o mesmo objetivo do barramento HyperTransport usado pelos processadores da AMD. Os processadores soquete 1156, no entanto, usam o barramento DMI (Digital Media Interface) para “conversarem” com o chipset, barramento este que era anteriormente usado na comunicação entre os chips ponte norte e ponte sul em chipsets Intel. Inicialmente esta solução pode parecer pior que o uso do barramento QPI, já que a interface DMI oferece uma taxa de transferência máxima teórica de 2 GB/s, contra 4,8 GB/s ou 6,4 GB/s (a depender do processador) do QPI. Acontece que processadores soquete 1156 têm um controlador PCI Express 2.0, o que significa dizer que esses processadores se comunicam diretamente com a placa de vídeo principal sem usar o barramento externo e sem usar o chipset.

O novo Phenom II X6 1090T não é mais rápido do que os processadores  Core i7 da Intel. Na verdade, ele não compete com o Core i7, já que estão situados em faixas de preço completamente diferentes. Por essa razão a Intel tem predomínio absoluto no mercado de processadores de alto desempenho.

Mas a principal vantagem do Phenom II X6 1090T é o seu preço, que o coloca como concorrente dos processadores Core i5.

O único processador Core i5  o 750, que é 33% mais barato do que o Phenom II X6 1090T. Devido a esta grande diferença de preço, o esperado era que o Phenom II X6 1090T fosse muito melhor que o Core i5-750, o que não é verdade. Na verdade, em várias aplicações o processador de quatro núcleos Core i5-750 foi mais rápido do que o processador de seis núcleos Phenom II X6 1090T (escore Geral do PCMark, escore de Jogos do PCMark, escore de Música do PCMark, VirtualDub, WinRAR e alguns jogos). Eles empataram em algumas aplicações (alguns jogos e no After Effects CS4) e o novo processador da AMD foi mais rápido em outras (escore de TV e Filmes do PCMark, escore Comunicação do PCMark, Escore Produtividade do PCMark e Photoshop CS4). Quando o Phenom II X6 1090T foi mais rápido, foi por uma pequena margem (5% a 10%), não justificando o preço adicional.

Há apenas uma exceção importante, no entanto: Cinebench. Neste programa de renderização 3D o Phenom II X6 1090T simplesmente massacrou o Core i5-750, sendo 74% mais rápido do que este processador da Intel. Portanto este novo processador pode ser uma excelente opção para profissionais que trabalham com modelagem e renderização 3D, e que não querem comprar um computador caro equipado com um processador Core i7. Para o usuário comum, no entanto, achamos difícil recomendar este novo processador.

Fonte: http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-do-Processador-Phenom-II-X6-1090T/1969/

Anúncios