SimplyMEPIS 11.0

No dia 5 de maio saiu o SimplyMEPIS 11.0, com a promessa de ser fácil de usar para novatos e de lidar bem com o seu hardware, sendo a distro está disponível em um live DVD (a ISO tem 1,4 GB), com edições de 32 e 64 bits.

Download em: http://www.mepis.org/get-mepis

Mais informações em: http://www.mepis.org/node/166

A inicialização pelo DVD conduz o usuário a uma tela gráfica de login com o nome de usuário “demo” preenchido. A senha para login, exibida no topo da tela, também é “demo”. O ambiente de desktop é o KDE 4.5, com um suave papel de parede aquático.

O desktop exibe atalhos para o site do MEPIS, o guia de início rápido e uma cópia local do manual da distribuição. A documentação do MEPIS é bem organizada e parece ter sido escrita pensando nos novatos. Também há um ícone no desktop para abrir o instalador.

O instalador exige a senha de root do disco, e começa mostrando o contrato de licença da distribuição. Em seguida vem o particionamento, com a abertura automática do gerenciador de partições do KDE. Depois de concluído o particionamento, é necessário atribuir partições a pontos de montagem e escolher o sistema de arquivos. As opções são ext3, ext4 e ReiserFS. O instalador copia os arquivos e se oferece para instalar o GRUB. Em seguida, você escolhe se quer rodar o Samba e confirma o layout do teclado. As etapas finais incluem o ajuste do relógio, a criação de uma conta de usuário comum e a definição de uma nova senha de root. O processo todo é bem simples, e o instalador exibe um texto de ajuda à esquerda da tela em cada etapa da instalação. Com tudo instalado, é só reiniciar o computador para que nossa cópia local do MEPIS funcione.

No primeiro login no desktop, encontramos os mesmos ícones e atalhos do sistema live. Na parte inferior da tela temos o menu de aplicativos e os botões de início rápido para o painel de configurações. À direita, o relógio, e ao lado dele um ícone avisando que há atualizações de software disponíveis. O menu de aplicativos usa o estilo clássico de lançadores. O desktop do MEPIS combina os melhores aspectos do KDE 3.5 e do KDE 4.

A distribuição vem com uma sólida coleção de software no DVD, e o instalador aloca em torno de 3,8 GB de dados no disco local. Estão incluídos Firefox 4.0.1, LibreOffice 3.3.2, o cliente de email KMail e um leitor de PDFs. Para gravar CDs, temos o K3b; para tocar música, o Amarok; edição de vídeos com o Kdenlive, e reprodução de arquivos multimídia com o VLC. Há uns poucos jogos no menu, e também o cliente para mensagens instantâneas Kopete e um CD player. O discador KPPP também está presente, e GIMP e KolourPaint marcam presença para os usuários com talentos artísticos. O MEPIS tem algumas ferramentas próprias de configuração, que ajudam a criar e gerenciar contas de usuário, configurar e solucionar problemas com a conexão, verificar se há erros nos discos, criar unidades USB inicializáveis e reparar o gerenciador de inicialização. Para configurar a aparência do sistema, temos os módulos das configurações do sistema do KDE. Finalizando com o menu, encontramos ferramentas para compactação de arquivos e edição de textos, calculadora e o KGpg (uma interface para certificados e criptografia). O MEPIS já vem com o Flash e outros codecs multimídia populares instalados. Também estão presentes o Java e o GCC. O kernel é o 2.6.36.

Após o login, um ícone de notificação aparece na bandeja do sistema avisando que há software novo disponível. Basta clicar no ícone para lançar o gerenciador de pacotes Synaptic, que cuida das atualizações e demais tarefas relacionadas a pacotes. O aplicativo é estável e rápido, e não tive problemas com ele. Nos bastidores, o Synaptic usa o APT, cujas ferramentas de linha de comando estão à disposição do usuário. O MEPIS é baseado no Debian, e pode baixar pacotes dos repositórios do Squeeze. Mas a distro também tem um repositório próprio, para pacotes e atualizações específicos do MEPIS. Com isso, o usuário conta com uma montanha virtual de software para instalação, com quase 30 mil pacotes nos repositórios padrão.

O SimplyMEPIS reconhece o hardware automaticamente., tanto em desktops quanto em laptops, apresentando uma inicialização rápida, tela com a resolução máxima, o áudio funcionando e rede sem fio. Sendo que o desempenho se manteve bom quando rodado a distro em uma máquina virtual com 512 MB.

Fonte: internet; http://www.mepis.org/node/166; Hardware.

2011 06 08