Consoles de videogame

Chamado no Brasil simplesmente de videogame ou console é um microcomputador dedicado a executar os videogames, ou seja, jogos eletrônicos que podem estar contidos em cartuchos ou discos de leitura óptica, como CDs e DVDs por exemplo. Em tais jogos, é possível interagir através de comandos dados por meio de um controle, usualmente chamado de joystick. As informações dos jogos são processadas no interior do aparelho e disponibilizadas aos jogadores com o auxílio de uma interface gráfica, apresentada em algum dispositivo de vídeo (televisão, monitor, etc).

No início do século XXI, a indústria do videogame se tornou notoriamente lucrativa, atraindo o interesse de vários investidores e chegando a ultrapassar até mesmo a movimentação financeira gerada pela indústria do cinema.

O videogame começou sua história com estudantes universitários utilizando os computadores das faculdades e fazendo programações específicas para diversão.

Sega: tradicional fabricante de arcades, começou no Japão com as consolas SG-1000, SG-1000 Mark II e SC-3000. Teve grande sucesso com a Master System e a Mega Drive. Mas com o grande número de periféricos da Mega Drive, o fracasso da Saturn nos EUA, mesmo com o relativo sucesso do Dreamcast (o primeiro console 128-bit) no mundo, veio a falência devido a concorrência do Playstation da Sony e outros seguintes fatores: o Playstation segundo os programadores de jogos era muito mais fácil de se programar em 3D, uma vez que o Saturn possuia 3 processadores e, dizem, era dificílimo criar jogos em três dimensões para ele. Os jogos 3D seriam algo que revolucionaria os videogames, porém nesta época eram incipientes, entretanto. Deste modo, alguns dos melhores jogos 2D de sua geração, são para Saturn. Entretanto, desnecessário dizer, que o que determinou o mercado foram os poligonais 3D, sendo que o Playstation criou excelentes jogos tridimensionais e desbancou o Saturn rapidamente. Os jogos poligonais para Saturn eram sofríveis com adaptações dos arcades como o jogo Virtua Fighter.

Quanto ao Dreamcast, embora fosse um dos melhores videogames de sua geração, a Sega não conseguiu mais se estabilizar pois os prejuízos deixados pelo Saturn e a montanha de periféricos para o Mega Drive nunca foram saneados. Deste modo, a Sega passou a dedicar-se apenas a produção de softwares em 2001.

SNK: fabricava a Neo-Geo, Neo-Geo CD

NEC: fabricante da TurboGrafx 16.

Atari: líder antes do crash de 1983 e da chegada dos japoneses. Fabricou o Pong, a Atari 2600, 5200, 7800, XEGS, a portátil Lynx e aAtari Jaguar, a sua última consola. Saiu do mercado em 1996, hoje fabrica jogos.

Commodore: extinta, fabricante de computadores como o Amiga.

Coleco: extinta, fabricava a Colecovision.

Magnavox / Phillips: fabricante do Odyssey e Magnavox Odyssey².

Mattel: fabricava a Intellivison.

Milton Bradley Company: Vectrex e Microvision

Philips: fabricava a CD-i

RCA: extinta, fabricante de PCs.

Nintendo: tradicional e inovadora, começou nos arcades (fliperamas) e estreou em 1983 com o NES. Fez também o SNES, o Nintendo 64e o GameCube. Líder do mercado de portáteis com o Game Boy, o Game Boy Color, o Game Boy Advance e o Nintendo DS. Lançou recentemente o seu novo console, o Wii, que fez com que ela voltasse a ser a líder do mercado.

Sony: Ex-líder do mercado. Estreou em 1995 com o PlayStation. Em 2001, lançou o PS2, em 2005 o portátil PSP e em 2006 lançou oPS3.

Microsoft: Gigante dos softwares, estreou em 2001 com o Xbox. Em 2005 deu início a “nova geração” com o Xbox 360.

Apple: Criou o iPhone SDK com suporte a Jogos 3D e 2D, para desenvolvedores lançarem seus jogos para iPhone e iPod Touch naiTunes Store.

RELAÇÃO DE CONSOLES E ANO DE FABRICAÇÃO:

Domésticos:

  • Magnavox Odyssey 100 (1972 – 1973)
  • Pong (1975)
  • Telejogo (1977)
  • Coleco Telstar (1977)
  • Fairchild Channel F (1976 – 1977)
  • Atari 2600 (1977 – 1989)
  • Magnavox Odyssey² (1978 – 1984)
  • Intellivision (1980 – 1984)
  • Colecovision (1982 – 1984)
  • Atari 5200 (1982 – 1984)
  • Intellivision II (1983)
  • SG-1000 (1983)
  • Nintendo Entertainment System (1983 – 2003)
  • Sega Master System (1986 – 1991)
  • Atari 7800 (1986 – 1991)
  • TurboGrafx 16 (1987 – 1996)
  • Sega Mega Drive (1988 – 2002)
  • NeoGeo (1989 – 2004)
  • Super Nintendo Entertainment System (1990 – 2003)
  • 3DO (1993 – 1995)
  • Atari Jaguar (1993 – 1996)
  • Sega Saturn (1994 – 1999)
  • PlayStation (1994 – 2006)
  • Nintendo 64 (1996 – 2001)
  • Sega Dreamcast (1998 – 2002)
  • PlayStation 2 (2000 – Atual)
  • Nintendo GameCube (2001 – 2006)
  • Xbox (2001 – 2006)
  • Xbox 360 (2005 – Atual)
  • PlayStation 3 (2006 – Atual)
  • Wii (2006 – Atual)
  • Zeebo (2009 – Atual)
  • OnLive (2009 – Atual)

Portáteis:

  • Game Boy
  • Atari Lynx
  • Sega Game Gear
  • Sega Nomad
  • Virtual Boy
  • Neo Geo Pocket
  • Game Boy Color
  • Game Boy Advance
  • Game Boy Advance SP
  • Gizmondo
  • Cougar boy
  • N-Gage
  • Nintendo DSi
  • Nintendo 3DS
  • Nintendo DSi XL
  • Nintendo DS
  • PlayStation Portable
  • PocketStation
  • Turbo Express
  • WonderSwan
  • WonderSwan Color
  • iPhone/iPod Touc

CONSOLES:

PRIMEIRA GERAÇÃO 1972/1977

Na história dos consoles de videogame, a primeira geração compreende os consoles lançados entre os anos de 1972 e 1977, dentre os quais destacam-se o Magnavox Odyssey e o Pong, bem como o Coleco Telstar.

Referida primeira geração se encerrou com a popularização do uso de microprocessadores nos aparelhos posteriores.

O engenheiro de televisão Ralph Baer concebeu a ideia de uma televisão interativa ao construir uma aparelho de televisão do zero para Loral em 1951 no Bronx, Nova Iorque. Ele explorou mais estas ideias em 1966 ao ser o Engenheiro Chefe e gerente da Divisão de Design de Equipamentos em Sanders Associates. Baer criou um videogame simples de dois jogadores que podia ser exibido em aparelho de televisão padrão chamado Chase, onde dois pontos perseguiam um ao outro na tela. Após uma demostração ao diretor de R&D da companhia Herbert Campman, algum fundo foi designado e o projeto foi dado como “oficial”. Em 1967 Bill Harrison entrou a bordo, e uma pistola de luz foi construída a partir de um rifle de brinquedo que foi mirado em um alvo movimentado por outro jogador.

Bill Rusch juntou-se ao projeto para acelerar o desenvolvimento e em pouco tempo um terceiro ponto controlado pela máquina foi usado para criar um jogo de ping-pong. Com mais fundos, jogos adicinais foram criados, e Baer teve a idéia de vender o produto à companhias de TV a cabo, que poderiam transmitir imagens estáticas como planos de fundo de jogos. Um protótipo foi demostrado em fevereiro de 1968 para o Vice-Presidente da Teleprompter, Hubert Schlafly, que assinou um acordo com a Sanders. A indústria de TV a cabo estava sofrendo uma queda durante o final dos anos 60 e início dos 70 e uma falta de fundos significava que outros caminhos tinham que ser trilhados. O desenvolvimento do hardware e jogos continuou resultando no protótipo final “Brown Box”, que tinha dois controladores, uma pistola de luz e seis interruptores no console que selecionavam o jogo. Baer abordou vários fabricantes de televisão americanos e um acordo foi eventualmente assinado com a Magnavox no final de 1969. As principais alterações no Magnavox em relação ao Brown Box foram o uso de circutos plugados para alterar os jogos e a remoção das capacibilidades de gráficos coloridos em favor das sobreposições de cor para reduzir custos de produção. Ele foi lançado em Maio de 1972 como Magnavox Odyssey.

Console Fabricante Lançamento
Magnavox Odysseysaiba mais Magnavox 1972
Pong
Atari 1975
Coleco Telstar Coleco 1976
Telejogo Philco/Ford 1977
Color TV Game Nintendo 1977

Obs: A versãoarcade do Pong foi lançada em 1972, a versão consosle soemente foi lançada e, 1975

_

SEGUNDA GERAÇÃO 1976/1984

Na história dos consoles de videogame, a segunda geração compreende os consoles lançados entre os anos de 1976 e 1984, dentre os quais destacam-se o Atari 2600 e o Magnavox Odyssey2. Essa segunda geração tinha aparelhos com processadores de 4 e 8-bit.

Atari2600a

O sucesso da Atari leva várias empresas a lançar consoles, mas somente a Coleco (abreviação de Connecticut Leather Company) consegue aprontar tudo para o Dia dos Pais. O videogame Telstar Pong usava tecnologia similar às das máquinas de então.

Enquanto isso, a Fairchild Camera & Instrument dá outro passo importante lançando o Fairchild Channel F, o primeiro videogame programável. Congelar o jogo, alterar o tempo e a velocidade passa a ser possível com Fairchild Channel F. O joystick era bem interessante: o botão ficava na ponta do manche e podia ser rotacionado. Assim, Pong ganhava inclinação na “raquete” e podia rebater a bolinha em vários ângulos.

Nessa época, surgem as primeiras críticas aos jogos eletrônicos violentos. Death Race, da Exidy Games, foi o precursor de Carmaggedon. Sair atropelando tudo o que viesse pela frente era o objetivo do jogo. Death Race serviu ainda de inspiração para a criação de outro jogo recente, Interstate 76.

Com o mercado em crescimento, Bushnell vende a Atari para a Warner Communications, pois não vê outra maneira de mantê-la competitiva.

Console Fabricante Lançamento
Fairchild Channel F Fairchild 1976
RCA Studio II RCA 1977
Atari 2600 Atari 1977
Bally Astrocade Midway 1977
Interton VC 4000 Interton 1978
Magnavox Odyssey² Magnavox/Philips 1978
APF Imagination Machine APF Electronics 1979
Microvision Milton Bradley 1979
Game & Watch Nintendo 1980
Intellivision Mattel 1980
PlayCable Mattel 1981
VTech CreatiVision VTech 1981
Epoch Cassette Vision Epoch 1981
Coleco Gemini Coleco 1982
Arcadia 2001 Emerson Radio 1982
Atari 5200 Atari 1982
ColecoVision Coleco 1982
Commodore MAX Machine Commodore 1982
Entex Adventure Vision Entex 1982
Vectrex Entex 1982
Sega SG-1000 Sega 1983
Atari 2800 Atari 1983

_

TERCEIRA GERAÇÃO 1983/1992

Na história dos consoles de videogame, a terceira geração compreende os consoles lançados entre os anos de 1983 e 1992, dentre os quais destacam-se o NES/Famicom, conhecido no Brasil como “Nintendinho”, e o Sega Master System. Essa terceira geração tinha aparelhos com processadores de 8-bit e foi sucedida pela quarta geração, com os processadores de 16-bit.

A Nintendo começa a fazer testes em Nova York para vender o NES no mercado americano. Os varejistas estavam tão céticos em relação aos videogames que a Nintendo teve de concordar em recomprar tudo que não fosse vendido pelas lojas. E mais: deveria reformular o design para se adaptar ao gosto dos americanos, para quem videogame era acessório de TV, não um brinquedo. Para vender o console em lojas avessas aos videogames, a empresa também inventou um robô, o R.O.B. Nessas lojas, ao invés de ser vendido como videogame, o NES vira um pacote para jogos de robô. Apenas dois jogos saíram para R.O.B..

Uma pistola para jogos como Wild Gunman, Duck Hunt e Hogan’s Alley, sucessos do arcade e do Famicom, no Japão, é lançada. Munido de ótimos jogos da própria Nintendo, e de conversões de sucessos do arcade como Kung Fu Master, da Irem, e o lendário Super Mario Bros, o NES não demora a virar sucesso nos EUA, apesar do lançamento patrulhado.

Console Fabricante Lançamento
NES/Famicom Nintendo 1983
MSX Microsoft Japan 1983
Casio PV-1000 Casio 1983
Supergame VG 3000 CCE 1985
Atari 7800 Atari 1986
Action Max Worlds of Wonder 1987
Master System Sega 1987
Top Game CCE 1989
Dynavision Dynacom 1989
Game Boy Nintendo 1989
Game Gear Sega 1990
Commodore 64GS Commodore 1990
Amstrad GX4000 Amstrad 1990

_

QUARTA GERAÇÃO 1987/1996

Na história dos consoles de videogame, a quarta geração compreende os consoles lançados entre os anos de 1987 e 1996, dentre os quais destacam-se o Mega Drive, o Neo Geo e o Super Nintendo. Essa quarta geração tinha aparelhos com processadores de 16-bit e foi sucedida pela quinta geração, com um grande salto na capacidade de processamento e armazenamento dados, na qual se destacou o PlayStation.

Os portáteis foram popularizados nesta geração,quando as empresas adoraram a nova linha de consoles que não precisava de tomadas para jogar,daí em diante,foram criados muitos consoles portáteis,que foi um sucesso para a criançada.

Foram inúmeros os produtores,a SEGA criou o Game Gear,a Atari,fez o Lynx,e a Nintendo,o Game Boy,que se tornou o console mais vendido da história dos portáteis.

Console Fabricante Lançamento
TurboGrafx-16 NEC 1987
Mega Drive/Genesis Sega 1988
Phantom System Gradiente 1988
Atari Lynx Atari 1989
SuperGrafx NEC 1989
TurboExpress NEC 1990
Neo-Geo SNK 1990
Super Nintendo/Super Famicom Nintendo 1990
Commodore CDTV Commodore 1991
Sega CD Sega 1991
CD-i Philips/Sony 1991
TurboDuo NEC 1992
Supervision Watara 1992
Mega Duck Creatonic/Timlex/Videojet 1993
Sega 32X Sega 1994
Neo-Geo CD SNK 1994
Super Game Boy Nintendo 1994
Satellaview Nintendo 1995
Super A’Can Funtech 1995

_

QUINTA GERAÇÃO 1993/2002

Na história dos consoles de videogame, a quinta geração compreende os consoles lançados entre os anos de 1993 e 2002, dentre os quais destacam-se o 3DO, o Atari Jaguar, o Sega Saturn e o grande sucesso de vendas: o Sony PlayStation, então em sua primeira versão. Essa quinta geração tinha aparelhos com processadores de 32-bit e até mesmo 64-bit, como foi o caso do Nintendo 64, e foi sucedida pela sexta geração, quando a gigante americana Microsoft resolve entrar no lucrativo mercado dos videogames com seu Xbox.

O considerado primeiro console de 64-bit foi o Atari Jaguar, lançado em 1993. Com pouco marketing e títulos decentes, foi um fracasso e a última tentativa da Atari em hardware. Outro console fracassado da quinta geração foi o 3DO, que apesar da publicidade e apoio de desenvolvedoras, teve vendas abatidas pelo preço alto.

A quinta geração marcou o advento dos jogos em 3D, como Super Mario 64, Tomb Raider e Final Fantasy VII, além de mais realismo e ação ao invés da fantasia e velocidade de jogos como Sonic e Mario.

Console Fabricante Lançamento
3DO Panasonic/Sanyo/GoldStar 1993
Amiga CD32 Commodore 1993
FM Towns Marty Fujitsu 1993
Pioneer LaserActive Pioneer 1993
Atari Jaguar Atari 1993
PC-FX NEC 1994
Playdia Bandai 1994
Sega Saturn Sega 1994
PlayStation Sony 1994
Virtual Boy Nintendo 1995
Casio Loopy Casio 1995
R-Zone Tiger Electronics 1995
Atari Jaguar CD Atari 1995
Apple Pippin Bandai/Apple 1995
Nintendo 64 Nintendo 1996
Game.com Tiger Electronics 1997
Neo Geo Pocket SNK 1998
Game Boy Color Nintendo 1998
PocketStation Sony 1999
Nintendo 64DD Nintendo 1999

_

SEXTA GERAÇÃO 1998/2004

A sexta geração compreende alguns dos consoles lançados a partir de 1998, mais especificamente o Sega Dreamcast, o PlayStation 2, o Nintendo GameCube e o X-Box. Essa sexta geração é marcada pela entrada da gigante americana Microsoft no mercado dos videogames, bem como pelo fato de ser a última geração de aparelhos na qual a Sega ainda atuava na área de consoles. Atualmente, a empresa japonesa atua apenas na área de jogos eletrônicos. Foi sucedida pela sétima geração, quando a Nintendo consegue ampliar de modo considerável sua participação no mercado com seu Nintendo Wii.

A sexta geração, a dos 128-bit, começou com o lançamento do Sega Dreamcast (1998 no Japão, 1999 nos Estados Unidos). O Dreamcast teve boa aceitação nos mercados americano, europeu e japonês. Considerado bastante inovador para sua época, chegou a vender mais de 10 milhões de unidades. Em março de 2000, a Sony lança o PlayStation 2, com uma agressiva campanha de marketing. Capaz de rodar DVD’s, com um processador gráfico de 300 MHz, podendo gerar 70 milhões de polígonos por segundo, o console ofuscou tecnologicamente o Dreamcast. Somando-se a isso os prejuízos decorrentes do fracasso de seu console anterior, o Saturn, a Sega decide abandonar o mercado de games e descontinuar a produção do Dreamcast. No mesmo ano de 2001, Nintendo e Microsoft lançam seus consoles de 128-bit, com processadores ainda mais poderosos que os do PS2.

O PlayStation 2, lançado em 2000, continuou o legado de sucesso do PlayStation. Apoiado pela compatibilidade com jogos do original, o fato de rodar DVDs, e apoio da maior parte dos desenvolvedores, o PS2 vendeu 138 milhões de unidades em 8 anos. Mesmo após o lançamento do sucessor, o PlayStation 3, continua sendo comercializado.

A Nintendo anunciou em 1999 que estava desenvolvendo o sucessor do N64, com processadores desenvolvidos pela IBM. Originalmente com o codinome “Dolphin”, em 2000 fora batizado como Nintendo GameCube, e lançado em 2001. Com medo da pirataria, a Nintendo não fez jogos em DVDs normais, mas em mini-DVDs com capacidade para 1,5 gigabytes. Devido á essa mídia diferente, e a imagem “familiar” da Nintendo, muitos fabricantes não colaboraram com o console. Ficou em 2º lugar na Europa e Japão, perdendo somente para o PlayStation 2. Apoiado principalmente por jogos da própria Nintendo, o GameCube já vendeu legalmente mais de 21 milhões de unidades.

O projeto do console da Microsoft iniciou-se em 1999, sendo anunciado por Bill Gates na Game Developers Conference em 2000. O nome inicialmente era DirectXbox, para destacar o extensivo uso do DirectX (algumas pistas se mantiveram após a redução do nome, como o logo do Xbox e o “X” no topo do console).

No dia 8 de Novembro de 2001 o console foi oficialmente lançada no mercado norte-americano, esgotando-se rapidamente. Em 2002, foi lançada na Europa e no Japão, onde a Microsoft conseguiu finalmente promover um boa imagem em território nipônico, unindo-se a Sega e lançando diversos títulos de sucesso clássicos como Jet Set Radio, Sega Gt, Panzer Dragon, entre outros.

Também compatível com DVDs, e com um disco rígido para salvar jogos e músicas, o console possuía poucos jogos exclusivos (como a bastante vendida série Halo), mas geralmente recebia as melhores conversões. A Microsoft alcançou o 2o lugar no mercado somente na América do Norte, com 23 milhões de unidades.

Os portáteis no Brasil são tomados pela Nintendo, a série Pokemon é febre no Brasil. A guerra é entre o N-Gage x Game Boy Advance, também tinha o Swan cristal, que acabou sendo descontinuado. Ele ficou por um anos como concorrente do Game Boy, porém quando lançaram o N-Gage a concorrência ficou pesada e ele parou de ser vendido. Teve também o Neo Geo Pocket Color.

Console Fabricante Lançamento
Dreamcast Sega 1998
Neo Geo Pocket Color SNK 1999
WonderSwan Bandai 1999
PlayStation 2 Sony 2000
WonderSwan Color Bandai 2000
L600 Indrema 2001
Pokémon mini Nintendo 2001
Panasonic Q Panasonic/Nintendo 2001
Game Boy Advance Nintendo 2001
GP32 GamePark 2001
Xbox Microsoft 2001
SwanCrystal Bandai 2002
Nintendo GameCube Nintendo 2003
GameKing TimeTop 2003
N-Gage Nokia 2003
PSX Sony 2003
iQue Player Nintendo 2003
Tapwave Zodiac Tapwave 2003
Game Boy Advance SP Nintendo 2003
Atari Flashback Atari 2004
N-Gage QD Nokia 2004
XaviXPort XaviX 2004
Game Boy Micro Nintendo 2005

_

SÉTIMA GERAÇÃO 2004 até os dia atuais

A sétima geração iniciou em 22 de novembro de 2005 com o lançamento do Xbox 360, da Microsoft, e continuou um ano depois, com o lançamento do PlayStation 3, desenvolvido pela Sony, em 22 de novembro de 2006, e o Wii da Nintendo em 19 de novembro de 2006. A venda do PlayStation 3, na Europa e na Austrália, entretanto, iniciaram apenas em 23 de março de 2007.

Em 2008 foi anunciado aquele que seria a quarta plataforma dessa geração, o “Zeebo”, apesar deste não concorrer diretamente com os outros três. Zeebo é um console de videogame brasileiro que envolveu ajuda de empresas de sete diferentes países: Brasil, Estados Unidos, Argentina, China, Israel, Japão e França. O console é fabricado na Zona Franca de Manaus. A novidade do console é que ele não utiliza mídia externa para os jogos: eles são armazenados na memória interna do videogame e são disponibilizados por download através da rede ZeeboNet 3G. Essa rede é própria do console, o jogador não precisa utilizar modem, acesso a banda larga ou mesmo pagar qualquer mensalidade para utilizar o serviço. Basta ligar o console e ele automaticamente se conecta a rede wireless ZeeboNet 3G, que é gratuita e disponível em todos os locais onde houver cobertura da rede 3G. A Tecnologia ZeeboNet 3G permite que o videogame receba atualizações gratuitas, que são enviadas ao jogador através de download. Além disso, possui tocadores de música e vídeo, além do Boomerang, um controle com acelerômetro, que reconhece os movimentos do jogador. O aparelho possui três entradas USB 2.0 e para cartão SD.

O Wii foi lançado prometendo-se “revolucionar a forma de jogar” com seus controles sensíveis ao movimento, mesmo tendo tecnologia gráfica considerada da geração passada. Já no lançamento do PlayStation 3, se prometia gráficos foto-realísticos e jogos cinematográficos com sua nova tecnologia de mídia, embora seja o console mais caro desta geração e também equiparável ao Xbox 360 em termos gráficos. O Xbox 360 também prometia ótimos gráficos e uma experiência “online” inigualável, contudo sendo o único nesta geração que cobra por este serviço.

O sistema de mídia usado pela Nintendo no Wii e pela Microsoft no Xbox 360 é o DVD, embora a Microsoft já tenha patrocinado o HD DVD, capaz de armazenar até 30 GigaBytes de dados em camada dupla, onde poderia ter seu leitor comprado como “add-on” para o Xbox 360. O sistema utilizado e patrocinado pela Sony em seu PlayStation 3 é o Blu-Ray, capaz de armazenar 50 GigaBytes em camada dupla. O HD-DVD era patrocinado também por empresas como a Toshiba, Sanyo, RCA e Intel mas foi descontinuado por motivos de mercado. O Blu-ray é patrocinado também pela Philips, TDK, Sun Microsystems, Dell, Pioneer e Apple.

Na área dos videogames portáteis destaca-se o Nintendo DSi, lançado em 1 de novembro de 2008 pela Nintendo no Japão e em 5 de abril de 2009 nos Estados Unidos. Possui 2 camêras VGA de 0.3 megapixel e acesso wireless a internet.

CONSOLES E PORTÁTEIS:

Console Fabricante Lançamento
Nintendo DS Nintendo 2004
PlayStation Portable Sony 2004
Gizmondo Tiger Telematics 2005
Game Wave ZAPiT Games 2005
V.Smile VTech 2005
GP2X GamePark Holdings 2005
Xbox 360 Microsoft 2005
FC Twin Yobo 2006
HyperScan Mattel 2006
Nintendo DS Lite Nintendo 2006
The Phantom Phantom Entertainment 2006
PlayStation 3 Sony 2006
Wii Nintendo 2006
EVO Smart Console Envizions 2008
N-Gage 2.0 Nokia 2008
Nintendo DSi Nintendo 2008
GP2X Wiz GamePark Holdings 2009
Dingoo Shenzhen Dingoo Digital 2009
Mi2 Planet Interactive 2009
Zeebo Tectoy/Qualcomm 2009
Nintendo DSi XL Nintendo 2009
PSP Go Sony 2009
OnLive OnLive 2009
Pandora OpenPandora 2009

FONTE: Internet

2011 03 08

Anúncios