Arquivo

Archive for the ‘TELECOMUNICAÇÕES’ Category

BANDA LARGA só 25Mb/s ou mais

FCC (Comissão Federal de Comunicações), entidade dos Estados Unidos equivalente à Anatel, estabeleceu as velocidades mínimas que uma conexão à internet deve ter para ser considerada banda larga: 25 Mb/s (megabits por segundo) no download e 3 Mb/s no upload.

Os limites mínimos anteriores de download e upload eram de 4 Mb/s e 1 Mb/s, respectivamente. O salto para as novas taxas causa algum espanto, mas tem explicação: a FCC estima que apenas 13,1% dos lares norte-americanos não têm acesso a conexões com velocidades iguais ou superiores às estabelecidas (a Net Index calcula que, hoje, a velocidade média do país é de 32,57 Mb/s). Sem a alteração, este número fica em 6,3%.

De qualquer forma, o chairman da FCC Tom Wheeler entende que a mudança de definição ajudará a diminuir o percentual atual, ou seja, fará com que mais pessoas tenham conexões com 25 Mb/s ou mais. Os provedores de internet não são obrigados a oferecer planos acima deste limite, por outro lado, não poderão promover velocidades inferiores como banda larga.

A tendência, portanto, é que novos assinantes passem a exigir conexões com mais velocidade ou, nos casos de planos já existentes, revisão de contratos.

Os novos limites beneficiam consumidores e, seguramente, empresas que atuam na internet. Não estranhe, portanto, o fato de a Netflix ter sido uma das companhias que apoiaram a mudança – 25 Mb/s é mais do que suficiente para streaming em 4K, resolução que a empresa quer oferecer para o máximo possível de usuários.

https://tecnoblog.net/173365/fcc-banda-larga-25-megabits/

 

Também há a parte que ficou insatisfeita com esta história: provedores de internet, sem nenhuma surpresa. Nos Estados Unidos, há uma parcela de usuários que é atendida por planos DSL que, por causa de características técnicas, não alcançam o novo limite de download. A Verizon, que possui 9,2 milhões de clientes nesta modalidade, explica que, quando muito, suas assinaturas DSL chegam a 15 Mb/s.

Para escapar destas limitações não há outro caminho: investimentos em infraestrutura, principalmente no que diz respeito à expansão das redes de fibra óptica. É este ponto que incomoda as operadoras.

O cenário poderia ser pior para estas empresas: Jessica Rosenworcel, outra comissária da FCC, defende 100 Mb/s como limite mínimo de download. “Podemos fazer coisas audaciosas se estabelecermos objetivos grandes”, argumenta.

Convém ressaltar que a nova definição de banda larga da FCC vale apenas nos Estados Unidos. Organizações de todo o mundo trabalham com parâmetros diferentes. A Akamai, por exemplo, que anualmente elabora um relatório sobre o estado da internet, define como banda larga conexões com 4 Mb/s ou mais.

No Brasil, a Anatel não definiu limites até hoje, mas dá para supor que a referência (não oficial) é de 1 Mb/s – esta é a velocidade mínima estabelecida para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Anúncios

Fixo para celular até 22% mais baratas!

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que, a partir do dia 24 de fevereiro, as ligações locais e interurbanas feitas de telefone fixo para celular ficarão mais baratas. A decisão de reduzir os valores de referência para tarifas de remuneração de redes móveis foi tomada nesta quinta-feira (05) pelo Conselho Diretor da Agência.

A novidade vale apenas para clientes das redes das concessionárias de telefonia fixa (Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel) em ligações destinadas às operadoras móveis. Isso quer dizer que clientes de combos de empresas como a NET e GVT não serão beneficiados com os novos valores. A redução é consequência do Plano Geral de Metas de Competição da Anatel.

Veja como fica o preço das chamadas com os novos valores:

Chamadas feitas entre telefones com o mesmo DDD

– Redução de cerca de 22%;

– Exemplos da redução:
Rio de Janeiro: tarifa da Oi cairá de R$ 0,36 por minuto para R$ 0,28;
São Paulo: tarifa da Telefônica cairá de R$ 0,35 por minuto para R$ 0,27 por minuto.

Chamadas entre telefones com DDDs de primeiro dígito igual (exemplo: DDD 11 e 12)

– Redução de cerca de 14%;

– Exemplo da redução: tarifa da Oi cairá de R$ 0,80 por minuto para R$ 0,69 por minuto.

Chamadas entre telefones com DDDs diferentes (exemplo: DDD 11 e 21)

– Redução de cerca de 12%;

– Exemplo da redução: tarifa da Vivo/Telefônica cairá dos atuais R$ 0,93 por minuto para R$ 0,82 por minuto.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/telecom/Ligacoes-de-telefone-fixo-para-celular-ficarao-ate-22-mais-baratas/#ixzz3R76dDUtA
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

(http://canaltech.com.br/noticia/telecom/Ligacoes-de-telefone-fixo-para-celular-ficarao-ate-22-mais-baratas/)

CORREÇÕES NO eMTA SAGEMCOM F@ST-3184

‘Objetivo:

Orientar a área técnica sobre as correções no eMTA SAGEMCOM F@ST-3184, e complementar algumas informações de suas características.

N119 – Correções no eMTA SAGEMCOM F@ST 3184 v3

csm_F@st_3184_Gateway_7a75293356

Categorias:TELECOMUNICAÇÕES